sábado, 17 de setembro de 2011

LP: RPM - RÁDIO PIRATA (1986)

RPM
Revoluções por Minuto (também conhecida somente por RPM) é um grupo de rock brasileiro surgido em 1983, tendo sido um dos mais populares do país nos anos de 1984 a 1987. Foi um dos grupos mais bem sucedidos da história da música brasileira. Na segunda metade dos anos 80, conseguiram bater todos os recordes de vendagens da industria fonográfica brasileira. A suposta visão crítica e bagagem cultural do letrista Paulo Ricardo foi um argumento de marketing na vendagem dos discos da banda. A banda vendeu mais de 5 milhões de discos em sua carreira.

Poladian, músicos e gravadora lançam em julho de 1986, um novo álbum, com parte do registro de dois shows da histórica turnê. O repertório de Rádio Pirata Ao Vivo traz quatro gravações inéditas (sendo duas covers) e cinco faixas de Revoluções Por Minuto. Com a ajuda dos preços congelados do Plano Cruzado, 500 mil cópias são vendidas antecipadamente. As vendas de Rádio Pirata Ao Vivo disparam e chegam a 2,2 milhões. O RPM transforma-se na banda de maior vendagem da indústria fonográfica nacional até então. Porém, o vocalista Paulo Ricardo passou a ser conhecido apenas como "sex symbol" e procurado e visto por jornalistas e fãs como se fosse modelo e não músico.
O LP da banda de Paulo Ricardo que estourou nos anos 80 com sucessos como "Olhar 43", "A Cruz e a Espada" e a faixa título: "Rádio Pirata". Gravado ao vivo em 1986.
FAIXAS:
01.Revoluções Por Minuto 
02.Alvorada Voraz  
03.A Cruz E A Espada  
04.Naja 
05.Olhar 43  
06.Estação Do Inferno 
07.London, London 
08.Flores Astrais 
09.Radio Pirata 

Nenhum comentário:

Postar um comentário